Pesquisar neste blog

27 de mar de 2011

GATOS PARA ADOÇÃO - BARRA DA TIJUCA - Rio de Janeiro/RJ


ADOTADOS EM 03.04.2011
Que sejam muito felizes!
Nossa amiga Raquel esta cuidando de dois gatinhos que são muito lindos e merecem um Lar com muito amor.
Já foram vermifugados e estão limpinhos. 
Devem ter mais ou menos 5 meses. São machos! rsrsrs
Horácio, de pelagem creme/ferrugem, olhos lindos, bem tímido faz massagem em Martin.
Seria maravilhoso mantê-los juntos, são companheiros e muito unidos. 
Martin mais ousado, faz pose, tem lindos olhos azuis e pelo todo branco um sonho.
São muito amorosos e tranquilos.
Contato Raquel
21 9881-6085

E mail recebido de uma voluntária do Campo de Santana - Rio de Janeiro/RJ

Boa tarde Márcia,
Estive no Campo 5ªf e fiquei estarrecida com td. Lixo acumulado, doenças, mal-cheiro, escassez de comida, de água, má-vontade, desinteresse, grosseria, maus-tratos... realmente aquilo me pareceu um Campo de Concentração.
Mas o q muito me chamou a atenção foi o crescimento absurdo de cotias e patos. A população de cotias tvz esteja  chegando ao nº dos felinos. Estão machucadas (animais machucados chamam mais moscas)e ouvi até q havia uma com miíase_brigas de territorio são frequentes quando há muitos machos em uma área pequena. Tinham vários patos tossindo e nos faz pensar em gripe aviária, um gde problema de saúde pública mundial.
Nesse caso, já q a proteção e a defesa é animal, no caso da SEPDA, onde está o controle populacional destas espécies? 
Não seria o caso de uma redistribuição em áreas de mata atlântica e manguezais, já q elas são preferencialmente herbívoras, não sofreriam com a falta de alimento. 
Os patos, idem, se alimentam de sementes, pequenos animais aquáticos e insetos ou poderiam ser inseridos em hóteis-fazenda. Soube q a um tempo atrás algum especialista levou e realojou alguma cotias, e deu certo, ajudando inclusive no reflorestamento da mata.
Digo isso pq os felinos, eu vi, saem em desvantagem na hora de disputar comida pq são animais domésticos. Vi ração sendo jogada no chão como se aqueles gatos fossem galinhas, e os pobres dos gatinhos não conseguem se alimentar com o mínimo q deveriam ter pq as cotias e os patos avançam e os assustam. Os filhotinhos então não tem a menor chance.
Vi um gatinho comendo a excreção de um pato, exatamente onde se encontrava o bolo de ração felina que foi ingerido. Horrível, não?! Imagine vendo! E isto foi na porta da "enfermaria"!!!!
Consequentemente vi muitos filhotes já desmamados, pele e osso, pavoroso! Muitas jovens de 1º cio já prenhas, muitos adultos q não chegaram aos 2 anos e filhotes q na sua maioria não chegaram aos 6 meses. Uma coisa é consequência de outra.
Voltando ao assunto dos excedentes, cotias e patos, parece q a Fundação alimenta as cotias com frutas, então, ou a alimentação delas é pouca ou está errada. E os patos? No fim tds estão mal alimentados e doentes. Podendo inclusive, quem sabe, as cotias e os patos estarem passando alguma doença para os felinos.
Vc como especialista em Direito Ambiental, o q acha, como vê esta situação, dá para tentar fazer algo no coletivo, pensar macro, harmonizar  quantitativamente a população de animais q lá vivem? 
Nós nos mobilizamos em favor dos felinos, quem, q entidade poderia dar uma prensa na SEPDA/Prefeitura sobre as outras espécies até mesmo convidar para ver de perto esta situação?
Att.
Cleide Amorim

ESTAMOS FORMULANDO A DENÚNCIA ATRAVÉS DE UMA CARTA AO VEREADOR JOSE EVERALDO (PMN) QUE ESTÁ ABRAÇANDO A CAUSA ANIMAL NA CÂMARA DO RIO DE JANEIRO. DIA 30 DE MARÇO SERÁ A ABERTURA DO FÓRUM PERMANENTE E DEVEMOS ESTAR REPRESENTADOS NO EVENTO. 

Já fizemos denúncias na COMLURB e na Câmara dos Deputados para Aspásia Camargo, publicado no blog.

Nada impede que ações autônomas sejam tomadas entretanto unir forças para exigir as ações dos gestores públicos tendem a ter melhor repercussão.



1º Fórum Permanente para Discussão e Ação Animal - 30/03/11

GATINHOS NO GRAJAÚ Rio de Janeiro - RJ

A HISTÓRIA DESSES GATINHOS CONTADA PELA REJANE.
(Existem outros gatinhos que não foram fotografados)
OS GATOS AMARELOS TEM APROXIMADAMENTE ¨6 meses já foram castrados.
A mãezinha teve 4 filhotes ontem.Ela é um doce de gatinha.MUITO MANSINHA ADORA UM CARINHO.Vão ficar até domingo na vet.Me ajudem divulgando tentando a adoção em especial p/a mãezinha c/esses filhotinhos.Não gostaria de retornar c/ela p/casa de Celina.Pode ser lar temporário.Os outros 3 gatos um deles é o pai já castrado de cor preta (não foi possível tirar foto dele pois fugiu dentro da própria vet e não quiz estressa-lo ainda mais).
E os outros dois a senhora Celina não conseguiu pega-los.Vou pedir ajuda p/resgata-los e pretendo tira-los até 4°feira.
DIVULGEM, há de aparecer alguém que abra a porta de casa p/ recebe-los com amor. Só peço-lhes encarecidamente que me ajudem a encontrar quem possa ficar c/eles ou especialmente c/a mãezinha pois serão menos 5 vidinhas a terem chance de serem bem cuidadinhos.Tenho consciência que todos vcs lutam diariamente em busca de adoção p/tantos outros,mas este´tb é mais um caso tão triste pois a Senhora Celina não tem a menor noção de higiene. E isso não vai melhorar. Ela esquece de colocar a comida que é dada a eles, a troca de aguá enfim tudo e não tem recursos nem p/ela.Muito obrigado desde já por qualquer empenho que venham a ter de ajuda p/com eles. 
Meu tel de contato 8690-64-02.REJANE

26 de mar de 2011

Cavalos de Nova Friburgo.

Elizabeth Ribas é nossa amiga pessoal e trabalha na Militância Virtual em defesa dos animais.
Parabéns pelo trabalho!
Texto
 Procuradoria do Município de Nova Friburgo
  
    Meu nome é Elizabeth Ribas, somos um grupo de Proteção Animal muito unido e espalhado por todo o Brasil. Sabemos que os Políticos de Nova Friburgo,aprovaram recentemente a Lei que proíbe Rodeios e Touradas neste Município.Parabéns a todos por terem comprovado que são políticos conscientes.
Agora porém gostaríamos de denunciar a situação irresponsável e de descaso profundo  em que os cavalos estão sendo submetidos.
 
  A foto e o texto abaixo comprovam a situação. Pedimos então que a Procuradoria  do Município de Nova Friburgo, tome as devidas providências, pois precisamos dar bons exemplos às nossas crianças de cuidados com os animais e estas cenas de descaso também não agradarão a nenhum turista consciente e que zele pelo
Meio Ambiente e pelo Bem Estar Animal.
Elizabeth Ribas
MAIS UMA NOTÍCIA LAMENTÁVEL
 
Num cenário que ainda é de reconstrução - com muita poeira, buracos e pouquíssimos turistas - os cavalos e jumentos que tradicionalmente eram usados para passeios no entorno da Praça do Suspiro, em Nova Friburgo, voltaram ao trabalho.
 
No entanto, a cena dos animais expostos ao sol forte, diante de um bebedouro quebrado, e cercados de escombros, é revoltante

Sensibilizado, o administrador de empresas friburguense Carlos Emerson Junior, de 60 anos, fotografou no último domingo um grupo de sete cavalos parados na pracinha e postou a imagem em seu blog. A foto foi compartilhada por amigos e protetores de animais no Facebook, causando uma onda de protestos na rede social.
 O local onde os animais deveriam ter água corrente, ainda está semidestruído e com apenas um restinho de água suja da chuva.
A  responsável pela Coordenadoria de Bem Estar Animal de Nova Friburgo(Coobea), Carla Freire, informou que, apesar de achar que ainda não era hora de os bichos voltarem, a prefeitura não pode impedir os proprietários de levarem os burricos e cavalinhos de volta ao ponto turístico.
COMO NÃO PODE, MINHA SENHORA??!!! PODE DEIXAR MALTRATAR???!!!
Um cavalo precisa de beber no mínimo 40 litros de água por dia e eles estão sem água.
Não tem turista na praça. Ninguém quer ir pra ver destruição. 
Um cavalo precisa beber no mínimo 40 litros de água por dia e, pelo que me falaram, eles estão sem água.
Fonte: Globo ON LINE

RESULTADO DA CAMPANHA DE ADOÇÃO/BARRA DA TIJUCA 26/03/1022

Pela primeira vez na Barra da Tijuca, Bosque de Marapendi, realizamos hoje nosso evento de adoção.
Como tudo no Rio de Janeiro, a Barra da Tijuca tem suas peculiaridades.
Um dia de sol pela manhã...praia!
Avaliamos que os próximos eventos neste espaço, muito bonito e totalmente arborizado e tranquilo, atrás do campo de futebol da ABM, deverão ocorrer no período do fim da tarde, ou seja, das 16 às 20hs.
Agradecemos a Pet Shpo Alvorada, loja âncora do Evento, o carinho e os brindes distribuídos aos pequenos. Traçamos parceria para que nossos gatinhos possam, semanalmente, ser vistos pelos clientes no setor de exposição para adoção da loja.
Foram adotados 4 animais, 2 cães e 2 gatos, respectivamente, 
PRETA, ALADIM, POPEY E TIGER, ganharam um Lar.

Os demais felinos se encontram em Lares Temporários para adoção.
Se quiser um Gato Carioca entre em contato.
MILK, LEONA, DAMA, BOLA PRETA (Anita); HORÁCIO E MARTIN (Raquel); Giorgio, Sofia Gabrielle (reservada) e ÁGATHA (Sandra); PALOMA (reservada), BETINA (Viviane); e DARTAGNHAN E FUMAÇA (Tereza).
Grata a todos pela divulgação e presença.

24 de mar de 2011

ISIS TIGER FUMAÇA E DARTAGNAN GATOS PARA ADOÇÃO - PÇ. DA BANDEIRA, Rio de Janeiro/RJ

Estes gatinhos estão sob os cuidados da Tereza.
Ela tem um bonito trabalho de com gatinhos especiais.
Vamos conhecer todos os gatinhos e postar aqui as fotos e o trabalho de cuidar de gatinhos de difícil adoção.




23 de mar de 2011

GATOS PARA ADOÇÃO - BENTO RIBEIRO, Rio de Janeiro/RJ

Adotados em 24 de março de 2011.


Recebi este apelo com estes 4 lindos gatinhos, 2 branquinhos e 2 pretinhos, que foram jogados no quintal de uma família, que tem uma cadela feroz, que não aceita outros animais de forma alguma.
Estão sendo alimentados, mas estão correndo perigo pois o local em que estão não é seguro, a separação é improvisada e a cadela pode conseguir alcançá-los e certamente vai matá-los.
Por favor, quem puder ajudar, entrar em contato: 
CLAUDIA  21 2489-6259 / 8877-1585. 

Lar temporário - faça a sua parte!

Em sua entrevista ao jornal O Globo,  a atriz Betty Gofman conta que oferece lar temporário para animais abadonados.

"Sou uma casa de passagem, recupero os bichos e depois dou para quem estiver querendo de verdade." -Betty Gofman

E você, está fazendo a sua parte? Para saber mais sobre como oferecer lar temporário, clique aqui.



21 de mar de 2011

GATINHOS EM MADUREIRA Rio de Janeiro - RJ

Estes 5 lindos bbcats se encontram sob os cuidados de uma amiga em Madureira. São lindos e muito bem tratados. Estão para adoção ainda não sabemos e sexo e por isso ainda estão sem nomes mas logo... logo todos serão batizados. Se apaixonou por eles? Eu também, entre em contato que nós providenciamos o encontro com o bichano!
A Denise e a Sandra, que estão cuidando deles, pedem que eles sejam adotados logo pois onde estão correm o risco de um acidente, ela disse que são muito carinhosos, consegue dar medicamentos, limpar as orelhas,  eles amam carinho e dormem no colo. São vítimas de abandono no Mercadão de Madureira.


Resposta à pergunta de algumas pessoas: "Por que não vão defender as crianças com fome?"


Filhotes abandonados no Campo do Santana - RJ

RESPOSTA À PERGUNTA DE ALGUMAS PESSOAS
por Francisco José Papi

Questão interessante. Vamos ver se essa eu consigo responder de modo didático.

1) Quem faz esta pergunta admite que existem dois tipos de pessoas no mundo: As Pessoas Que Ajudam e as Pessoas Que Não Ajudam.

Além disso, admite também que faz parte das Pessoas Que Não Ajudam, afinal, do contrário, diria "Por que não me ajudam a defender as crianças com fome?", ou "Venham defender comigo as crianças com fome!", ou "Não, obrigada, vou defender as crianças com fome".

Então ela se coloca claramente através de sua escolha de palavras como uma Pessoa Que Não Ajuda.

É curioso a Pessoa Que Não Ajuda, não faz nenhum esforço para ajudar, mas, sim, para tentar dirigir as ações das Pessoas Que Ajudam. É bastante interessante. Se eu fosse até sua casa organizar sua vida financeira sob a alegação de que eu sei muito mais sobre administração familiar eu estaria interferindo, mas ela se sente no direito de interferir nas ações que uma pessoa resolve tomar para aliviar os problemas que ela encontra ao seu redor.

É uma Pessoa Que Não Ajuda, mas ainda assim quer decidir quem merece ajuda das pessoas Que Ajudam e o nome disso é "prepotência".

2) Pessoas Que Ajudam nunca vão ajudar as "crianças com fome". Nem tampouco os "velhos", os "doentes" ou os "despossuídos". E sabe por que?

Porque "crianças com fome" ou "velhos" ou qualquer outro destes é abstrato demais. Não têm face, não são ninguém. São figuras de retóricas de quem gosta de comentar sobre o estado do mundo atual enquanto beberica seu uisquezinho no conforto de sua casa.

Pessoas Que Ajudam agem em cima do que existe, do que elas podem ver, do que lhes chama atenção naquele momento. Elas não ajudam "os velhos", elas ajudam "os velhos do asilo X com 50,00 reais por mês".

Elas não ajudam "as crianças com fome", elas ajudam "as crianças do orfanato Y com a conta do supermercado".

Elas não ajudam "os doentes", elas ajudam o "Instituto da Doença Z com uma tarde por semana contando histórias aos pacientes".

Pessoas Que Ajudam não ficam esperando esses seres vagos e difusos como as "crianças com fome" baterem na porta da sua casa e perguntar se elas podem lhe ajudar.

Pessoas Que Ajudam vão atrás de questões muito mais pontuais.

Pessoas Que Ajudam cobram das autoridades punição contra quem maltrata uma cadela indefesa sem motivo.

Pessoas Que Ajudam dão auxílio a um pai de família que perdeu o emprego e não tem como sustentar seus filhos por um tempo.

Pessoas Que Ajudam tiram satisfação de quem persegue uma velhinha no meio da rua.

Pessoas Que Ajudam dão aulas de graça para crianças de um bairro pobre.

Pessoas Que Ajudam levantam fundos para que alguém com uma doença rara possa ir se tratar no exterior.

Pessoas Que Ajudam não fogem da raia quando vêem QUALQUER COISA onde elas possam ser úteis. Quem se preocupa com algo tão difuso e sem cara como as "crianças com fome" são as Pessoas Que Não Ajudam.

3) Pessoas Que Ajudam são incrivelmente multitarefa, ao contrário da preocupação que as Pessoas Que Não Ajudam manifestam a seu respeito. (Preocupação até justificada porque, afinal, quem nunca faz nada realmente deve achar que é muito difícil fazer alguma coisa, quanto mais várias).

O fato de uma pessoa Que Ajuda se preocupar com a punição de quem burlou a lei e torturou inutilmente um animal não significa que ela forçosamente comeu o cérebro de criancinhas no café da manhã. Não existe uma disputa de facções entre Pessoas Que Ajudam, tipo "humanos versus animais".

Geralmente as Pessoas Que Ajudam, até por estarem em menor número, ajudam várias causas ao mesmo tempo. Elas vão onde precisam estar, portanto muitas das Pessoas Que Ajudam que acham importante fazer valer a lei no caso de maus-tratos a um animal são pessoas que ao mesmo tempo doam sangue, fazem trabalho voluntário, levantam fundos, são gentis com os menos privilegiados e batalham por condições melhores de vida para aqueles que não conseguem fazê-lo sozinhos.

Talvez você não saiba porque, afinal, as Pessoas Que Ajudam não saem alardeando por aí quando precisam de assinaturas para dobrar a pena para quem comete atrocidades contra animais, que estão fazendo todas estas outras coisas, quase que diariamente. E acho que é por isso que você pensa que se elas estão lutando por uma causa que você "não curte", elas não estão fazendo outras pequenas ou grandes ações para os diversos outros problemas que elas vêem no mundo. Elas estão, sim. E se fazem ouvir como podem, porque sempre tem uma Pessoa Que Não Ajuda no meio para dar pitaco.

Então, como dizia meu avô, "muito ajuda quem não atrapalha". Porque a gente já tem muito trabalho ajudando pessoas e animais que precisam (algumas até poderiam ser chamadas tecnicamente de "crianças com fome", se assim preferem os que não ajudam).

(este texto pode e deve ser reproduzido) Escrito em 13.04.2005

20 de mar de 2011

4 anjinhos aguardam um LAR

ESTES 4 PELUDINHOS SE ENCONTRAM NA BARRA DA TIJUCA.
ESTÃO PARA ADOÇÃO. DIVULGUEM.


CHIARA - A sialatinha da postagem chegou há pouco na minha casa. Ela vivia perto da entrada de um shopping e andava pelo canteiro como se fosse o quintal da casa dele....rs. Já estava amiga do segurança e ficava roçando na perna dele pedindo carinho. Mas pegava muita chuva e estava muito visada por todos que passavam. Mal chegou e já foi descansar na toalhinha que coloquei para ela - devia estar cansada de se esconder na rua. Ela é bonzinha e ronronenta e MUITO bonita. 
PALOMA - Linda gatinha cinza chumbo encontrada em um estacionamento, saiu de dentro de um canteiro praticamente se jogando em cima de mim, muito bonitinha. Ela ainda "mama" na orelha mas já come ração seca e está cada dia mais esperta, brincalhona e claro, muito carinhosa. Paloma deve ter de 3 a 4 meses e será vacinada e vermifugada. Castração por conta de sua protetora.
BETINA E CHUVISCO IRMÃOS -  nasceram no estacionamento com mais uma irmãzinha e foram resgatados. A irmã foi doada, a mãe castrada e agora eles aguardam um lar. Eles são lindos e carinhosos, Betina além de dengosa é uma espoleta que brinca com absolutamente tudo e é esperta que só ela. Chuvisco é carinhoso e adora beber água da bica do banheiro. Eles são bem peludinhos, o rabo deles parece de um esquilinho, são MUITO macios e gostosos de apertar.

Contatos para adoção: vivianematospf@gmail.com / (21) 9874-1714

19 de mar de 2011

RESULTADO DA CAMPANHA DE ADOÇÃO/GRAJAÚ 19/03/2011

Eu e Sofia, nossa microcat n. º 2 adotada.
 AS IMAGENS FALAM POR SI!

O mérito do projeto é proporcionar esta alegria para  Protetores, Tutores e, principalmente, os animais!
Agradeço aos amigos que prestigiaram o evento e parabenizo os novos Tutores que retornaram felizes com seus novos companheiros.  A Pet Shop âncora ofereceu desconto nas aquisições realizadas pelos adotantes e pelos amigos que foram, gentilmente, doar ração para os gatinhos. Agradeço a todos, foram 6 gatinhos que ganharam um LAR, 2 machos, 4 fêmeas sendo 1 adulta.. Tom 1 e 2, Madona, Flavinha, Sofia e Princesa.



loja: Pet Food Grajaú- Rua José do Patrocínio, 452
Grajaú, (21)2576.5010/5434
7883.0908 ID 12*83779

18 de mar de 2011

História com Final Feliz em 24hs

 Ontem recebemos em nosso Grupo Gato Carioca Facebook este apelo:

Ontem...Olívia para adoção.

"Olivia é uma sialata fofa e lindíssima. Foi adotada numa feira de adoções do Abrigo da Serra (antes das enchentes) na Barra da Tjuca, vivia com seu dono e um pit bull em um apê, cheia de carinho. Brincava com o pit e era uma fofura de gata. Eu mesma já a vi de perto pois quase doei um gatinho a esse rapaz (graças a Deus não o fiz). Bem, logo depois ele adotou uma gatinha que não tem uma perna e me escreveu todo feliz. E agora fiquei sabendo que ele está de mudança para o apartamento da namorada e disse que "não rolou química" entre a Olívia e a gata da namorada. A gatinha sem perna ficou, o pit-bull foi para a mãe dele e a sialata tem que vazar o quanto antes. Será castrada no dia primeiro de abril mas ele disse querer doar antes disso e antecipar a castração."

Hoje um final feliz em menos de 24 hs...

Hoje...Olívia adotada!
Recebemos esta notícia ... Lilian Brandão Olívia aqui em casa....embaixo da estante de brinquedos...um tanto tímida. Prevejo dias de muita correria, e de muita brincadeira!
O GATO CARIOCA agradece a Lilian pelo gesto de amor.
Ficamos imensamentes felizes por ajudar a mais um gatinho a ter uma vida feliz, sendo protegido e alimentado e convivendo com pessoas de bom coração.
Para nós não importa de onde o gato é ou veio o que nos interessa é saber para onde ele vai e com quem! Esta história faz o nosso trabalho ter sentido.

Ronronterapia

Gatos têm poderes terapêuticos, aliviam o stress, a ansiedade e evitam até doenças cardíacas
(Por Verônica Mambrini)

Perseguidos em diferentes épocas e vítimas históricas de preconceito, os gatos estão ganhando absolvição por meio de um papel inesperado: o de terapeutas.

Em seu recém-lançado livro “La Ronron Thérapie”, a jornalista francesa Véronique Aïache explica, devidamente ancorada por trabalhos científicos, como o convívio com um bichano pode melhorar a vida das pessoas.
Ela relata, por exemplo, pesquisas como a do veterinário francês Jean-Yves Gauchet, que testou o poder do ronrom – o som emanado pelos gatos quando estão em repouso – em 250 voluntários, submetidos a uma gravação de 30 minutos do ruído de Rouky, o gato do veterinário. Ao fim do estudo, os participantes declararam sentir mais bem-estar, serenidade e uma facilidade maior para dormir.

O poder tranquilizante dos felinos foi o porto seguro da gerente comercial Cris Sakuraba, 46 anos. “Não desmerecendo o medicamento, mas minha gatinha mudou minha vida”, diz. Cris sofria de ansiedade, stress, depressão e agorafobia (medo de espaços abertos ou aglomerações), doenças que estavam minando sua qualidade de vida.“Agora estou 95% curada dos problemas.”

17 de mar de 2011

CARTA ENVIADA A DEPUTADA ASPÁSIA CAMARGO

Deputada,

Parabéns pelos novos desafios, certamente serão vencidos. Temos questões ambientais urgentes a ser tratadas e gostaríamos de nos dirigir ao Deputado que tenha ficado com os desafios da limpeza urbana. Temos um lixão a céu aberto, proliferando vetores e matando os animais que se encontram no Parque, instalado em frente ao Hospital Souza Aguiar dentro do Campo de Santana. Temos fotografias em datas diferentes e várias denúncias registradas na Ouvidoria da COMLURB.
Aguardo orientação.
Grata.
Márcia Regina Dias
OAB/RJ
Em 16 de fevereiro de 2011 20:59, Aspásia Camargo

RESPOSTA recebida em 17 de março de 2011.

Cara Márcia,
Recebemos em nosso gabinete sua grave denúncia e encaminhamos para a diretoria da Comlurb e Parques e Jardins. Não deixe de nos manter informados. Estamos ao seu inteiro dispor.
Atenciosamente,
Rosana Maldonado - Assessora
Gab. Dep Aspásia Camargo


Área verde no coração da Cidade
Campo de Santana
Rio de Janeiro - RJ

Vamos cobrar do poder público as devidas providências para, primeiramente, tratar aquele lugar com respeito, devolvendo a Cidade um parque que possa ser ocupado pelos animais e pelos cidadãos sem nenhum risco ambiental.

Uma dura lição aprendida sobre gatos com acesso à rua


Traduzido do texto original disponível em:

"Tenho que começar esta mensagem com uma confissão difícil e dolorosa: Eu costumava deixar meus gatos perambulando fora de casa. Eu sou membro de carteirinha da PETA, sou vegana, e falo sobre defesa animal com qualquer pessoa que me dê ouvidos. Mesmo assim, eu deixava meu pequeno familiar peludo entrar e sair por uma portinhola - a qual deixei disponível para ele - por muitos anos.
Como a maioria das pessoas que pensam que gatos que ficam soltos são gatos felizes, eu não pensava nos perigos que os gatos que tem acesso à rua poderiam encontrar, como cachorros, outros animais, carros, portões de garagens e depósitos nos quais eles poderiam ficar presos, humanos que injustamente poderiam machucá-los, e a lista continua...
Uma manhã, eu levantei para fazer café e vi Orange, meu gato amarelo, sentado no meio do chão da cozinha. Ele perambulava fora de casa a maioria das noites no verão, e eu presumi que ele tinha acabado de voltar para casa para seu café da manhã. Mas ele parecia estranho. Ele estava apenas sentado lá, sem nenhum miado familiar e sem se enroscar na minha perna para dizer "bom dia". Olhando mais de perto eu percebi que sua boca estava estranhamente aberta e tinha baba e saliva em seu rosto todo. Eu entrei em pânico, pensando que ele havia sido envenenado, e corri com ele para um veterinário. Acabou que sua mandíbula havia sido quebrada. O veterinário disse que Orange poderia ter sido atropelado por um carro ou bateram nele com um pedaço de pau.
Eu fiquei devastada. A dor e o sofrimento de Orange eram minha culpa. E ainda ficou pior. A veterinária teve que imobilizar a boca de Orange para tentar cicatrizar a mandíbula quebrada - uma imobilização de 6 semana!
Eu fechei a portinhola permanentemente, mas o dano já havia sido feito. Por causa da dificuldade que Orange tinha para comer e beber através do pequeno espaço que ficava entre seus dentes, ele perdeu peso - muito peso. Ele também ficou desidratado, e como resultado, eu tive que administrar líquidos dando injeções subcutâneas uma vez por dia. Ele estava miserável.
Quando se passaram as 6 semanas, levei Orange de volta na veterinária para remover a imobilização. Em um dia sua mandíbula caiu novamente. A imobilização não funcionou - a mandíbula não havia cicatrizado. Orange teve que voltar para ser imobilizado novamente, por mais 6 semanas.
No final, tivemos que eutanasiar Orange. Ele tinha problemas renais quando sua mandíbula foi quebrada, mas estava sob controle, e ele tinha muitos anos à sua frente. Mas sem comer e sem beber líquidos o suficiente, as toxinas aumentaram, a perda de peso foi extrema, a depressão foi profunda e seu pequeno corpo não conseguia mais lutar.
Gatos são animais curiosos. Muitas pessoas sentem que os gatos precisam obter estímulos fora de casa. ERRADO! Seu gato pode ficar super animado perseguindo uma bolinha de papel alumínio pelo chão. Dêem uma olhada no livro 250 Things You Can Do to Make Your Cat Adore You, de Ingrid E. É um livro cheio de atividades divertidas que você e seu gato podem aproveitar juntos dentro de casa - além de uma grande quantidade de informações para ajudar você e seu gato a compartilharem uma vida longa e saudável juntos.
Existem algumas cidade pelo mundo que estão implementando toque de recolher para os gatos. Leis proibindo completamente que os gatos saiam de casa estão sendo debatidas. Gatos que saem de casa são colocados em risco todas as vezes que suas patinhas encostam na calçada, e nós estamos vivenciando uma super população de animais de tal tamanho que milhões de animais vem sendo eutanasiados em abrigos no mundo todo. Muitos desses gatos desabrigados são fruto de gatos não castrados que foram deixados zanzando fora de casa.
Eu aprendi da maneira mais difícil a não deixar meus gatos irem para rua. Eles são como crianças pequenas, suscetíveis a todos os tipos de perigos. Eu não conheço ninguém que deixaria uma criança de 2 anos de idade perambulando nas ruas, dia ou noite, sem supervisão.
Por que nós perpetuamos o mito de que gatos são miseráveis quando mantidos dentro de casa? E por que nós arriscamos causar dor - ou até mesmo a morte - daqueles que nós mais amamos?"

Apartamentos Telados evitam acidentes e fugas de animais


BRIGITE - Porto Alegre/RS

Seguidores e Leirores,

Recebemos semanalmente, inúmeros pedidos como este. Resolvemos publicar no BLOG na intenção de alertar e ajudar a encontrar o animal.

Gato desaparecido em Petrópolis, Porto Alregre/RS.
"Me ajudem a encontrar a Brigite, gata de 10 anos, por favor ela saiu pela vasculante da área do apartamento localizado na Cel Lucas de Oliveira, n.º1551, Petrópolis, Porto Alegre/RS.  Gratifica-se quem a encontrar.
A família toda esta muito mal."
Contatos com Carminha - (51) 9103.5833 


Nudy. Desaparecida São Paulo/SP.
Gato desaparecido na Vila Mariana - São Paulo/SP.
Nudy sumiu no dia 28/2/2010, e a família oferece recompensa em dinheiro. Último local que foi visto: RUA JOSÉ ANTIONIO COELHO -São Paulo / SP.
Qualquer notícia, contato Débora 11-76386641.

16 de mar de 2011

Carta ao Prefeito Eduardo Paes

Esta carta é de uma das nossas colaboradoras do Projeto e foi enviada hoje ao Prefeito da Cidade, sabemos dos riscos de tentarem retirar os gatos do Campo de Santana mas o descaso atingiu índices inimagináveis. Precisamos fazer alguma coisa e a denúncia é uma das vias a ser utilizadas. Se você também está indignado...faça a sua parte e escreva ao Prefeito para o e mail  eduardopaes@pcrj.rj.gov.brMárcia Dias

Senhor Prefeito Eduardo Paes,


Venho atraves deste email expor a minha insatisfação como sua eleitora sobre um assunto que é de competencia do setor de Parques e Jardins e SEPDA mas que infelizmente os responsaveis nao tomam providencias.

Senhor Prefeito, me causa muita tristeza entrar no Campo de Santana e ver a situação dos animais (gatos) da maneira em que se encontra, eu como colaboradora na ajuda aqueles animais pensei que fosse ter uma resposta definitiva na reuniao que houve na qual era para se tratar do assunto.

Ocorre que a Prefeitura nao limpa direito o Campo de Santana, a comida dos animais não e suficiente, temos berçarios de gatos em pessimo estado, na epoca em que chove fica uma tristeza muito grande, tudo alagado, os animais todos dentro da lama e por muitas vezes filhotes de animais mortos em afogamento.

Senhor Prefeito, gostaria que esse problema dos animais do Campo de Santana fosse visto pelas autoridades competentes de uma maneira a ser resolvida, pois, se existe um orgão da Prefeitura responsavel por ele, existe uma verba que é liberada para tal. As pessoas dos órgãos responsaveis me parecem nao ter muito interesse mas deveriam, pois, eles estão no cargo para isso, para fazser acontecer, afinal entao porque recebem salarios?

Hoje, é enorme a quantidade de pessoas que cuidam de animais urbanos, as pessoas estao mais presentes na vida desses animais, entao na hora da eleição as pessoas vão lembrar com certeza do Campo de Santana e infelizmente o descaso na qual os setores responsaveis tem e isso influencia na hora da eleição, pois, como o Senhor é o Prefeito, é o Senhor que vai ser lembrado negativamente em função das pessoas que estão no cargo para tomar conta e nao querem trabalhar.

Senhor Prefeito, olhe pelos animais do Campo de Santana, tem muitas pessoas envolvidas na causa e que querem organização e parceira na causa pelos gatos.

Obrigada e boa tarde,

Debora Brandao

15 de mar de 2011

APELO DO GATO CARIOCA - LYZ precisa de um LAR DEFINITIVO!

ADOTADA PELA MADRINHA.


Amigos,


Nossa LYZ, está para adoção com foto no BLOG (vide ao lado).

É uma gatinha linda com um belo par de olhos " Lyz Taylor".

Foi diagnosticada como paciente renal.

Para receber tratamento adequado tivemos uma ajuda maravilhosa de uma madrinha que está garantindo a medicação e nos forneceu todos os exames e apoio. Ela foi muito bem assessorada, clinicamente. Teve tratamento especial.

Receberá alta amanhã e gostaríamos que ela fosse adotada por alguém de bom coração que possa dar a ela mais do que remédios e ração especial. 

Nossa gatinha ficou quase um mês em tratamento dentro de uma gaiolinha precisa ganhar confiança na vida, acreditar que pode viver uma vida normal, como qualquer gatinho feliz. 

Ela vai precisar de muito amor e não queremos que passe por um Lar Temporário, precisa de um Lar definitivo. 

Precisamos desta divulgação em massa para poder ir buscá-la amanhã e deixá-la num local seguro e consciente de sua limitação. 

Este é um apelo muito especial, esta gatinha não tem chance se não for adotada através do grupo, Nos Eventos de Adoção ela tem poucas chances. 

Ela é uma guerreira, podem acreditar!

Grata. Acreditamos que a pessoa certa vai  aparecer para a Lyz.

Castrar é pilar fundamental da posse responsável

Veja a importância da castração e desvende os mitos que cercam o tema
Por Helena Jacob em Adote um Gatinho

Imagine uma linda gatinha de seis meses: uma fofura, com ar e comportamento de filhote. Você nem poderia imaginar que, mesmo com esse jeitão de criança, é nessa idade que a maioria das fêmeas de gatos entra em idade reprodutiva. E que, dois meses depois, a mesma gata pode ser mãe de três, quatro, cinco, seis ou até, pasmem, sete gatinhos.

Agora, faça as contas: se essa gatinha der à luz quatro outras fêmeas, em seis meses elas poderão também trazer ao mundo, cada uma, mais seis gatinhos, por exemplo. Basta um mero cálculo de progressão geométrica para imaginar o ritmo frenético em que uma comunidade felina (ou canina) pode crescer.

“Ah, mas o problema é ter fêmeas, vou adotar um gato macho e não terei problemas”. A pessoa que pensa isso deve ter esquecido as aulas de biologia da escola e de que, para nascer um gatinho, é necessário, além do óvulo da fêmea, do espermatozóide do macho.

Quem vai emprenhar aquela gatinha do primeiro exemplo? Justamente o gato da pessoa que não quer problemas. Esse gato, se tiver acesso à rua pode ser, em menos de um ano, o nada orgulhoso pai de algo em torno de 200 gatinhos, chutando um número baixo.



Esse quadro mostra o tamanho da responsabilidade do dono de um animal. Deixar a reprodução de gatos e cachorros por conta da “natureza” pode causar danos terríveis ao meio ambiente e ao meio urbano onde vivem pessoas e animais, e resultar em um ato dos mais cruéis: o abandono.

14 de mar de 2011

DOAÇÕES SEMANA 23 A 30 DE MARÇO DE 2011

Continuamos a campanha em prol dos bbcats. Eles precisam sair do Campo de Santana e serem cuidados por pelo menos 10/15 dias em Lares Temporários para serem levados aos eventos de adoção. A Protetora Anita Souto é a pessoa responsável pelo manejo e escolha dos animais junto as demais protetoras.

PARA BBCATS
Ração com L lisina Babycat e Kitten
(Previne e trata da Rinotraqueite que afeta muitos gatinhos)
LEITE EM PÓ  NAN 1º SEMESTRE

Para os doentinhos

TOBREX COLÍRIO (TENHO AS RECEITAS) ou Tobramicina genérico
TERRAMICINA OFTÁLMICO (TENHO AS RECEITAS)

Para o ambulatório
1 suporte para papel toalha, filme e alumínio.
1 armário de cozinha tipo paneleiro para armazenar o material do ambulatório
Vidros gr para guardar algodão, facilmente adiquiridos em restaurantes
Cxs plásticas tam M para organizar o material clínico usado no berçãrio.
LUVAS DESCARTÁVEIS
Frontline spray.
POMADAS ANTIMICÓTICAS E CICATRIZANTES PARA USO VETERINÁRIO

Ração semanalmente utilizamos...
24 saches PARA FILHOTES.
25 Kg de ração Filhotes Wiskas, Proplanl ou Royal Canin.
150 KG de ração para adultos de boa procedência.
12 lts PASTA AD PARA FORTIFICAR OS MAIS DEBILITADOS

5ª Campanha de Adoção - divulguem!

Posto de recebimento - RAÇÃO E MEDICAMENTOS, consulte a nossa lista da semana.

Ação, Doação e Divulgação!

Existem várias formas de ajudar este projeto, para quem está longe ou para quem está perto, para quem pode colocar a mão na massa ou mesmo para quem não tem tempo.

Ação - precisamos de mais pessoas colocando a mão na massa! Sabemos que todos têm seus compromissos e fica difícil se comprometer, mas existem várias formas de fazer a diferença.

Você pode:


Doação - todas as semanas divulgamos uma lista de necessidades para atender aos gatos do Campo do Santana.

Você pode:

Divulgação - quanto mais pessoas conhecerem nosso trabalho, maiores as chances de encontrarmos mais pessoas que estejam dispostas a ajudar. Divulgue em suas redes sociais! Todas as mensagens colocadas aqui no blog possuem os botões de compartilhamento logo abaixo do nome de quem postou a mensagem.

Precisamos da sua ajuda! Entre em contato: projetogatocarioca@gmail.com

13 de mar de 2011

DISTRIBUIÇÃO DE RAÇÃO E MEDICAMENTOS

Entregues a D. Dione em 05/03/11.
As doações recolhidas por mim durante esta semana foram entregues, pessoalmente.
AMBULATÓRIO DO CAMPO DE SANTANA A/C LITIA CARVALHO (CS)
2 SACOS S/D feline diet 1,8 Kg cada
1 renal 500g veteuinary
4 lts sabor e vida atum e carne
2 lts NAN 400G
1 tobrex
1 itraconazol manipulado 60 caps (Himalaia JOCA)
1 pct algodão 250 g
6 pcts luva
6 pcts gaze
3 vd água boricada 100ml

LAR TEMPORÁRIO PAULA KEMP (3 GATINHOS) Niterói
1 TERRAMICINA]
LAR TEMPORÁRIO DINHA (8 GATINHOS) Olaria
3 WISKAS FILHOTES 3KG
1 wiskas 500g peixe
2 wiskas 500g frango leite
12 saches carne frango atum
1 lt AD
PROTETORA DANIELA FRANCO E ANITA SOUTO Méier
1 SC FRISKIES 3 KG
1 THREEE CATS 8 KG
1 ROYAL PREMIUM 10 KG
1 CAT CHOW 3 KG
PROTETORA ANA LUISA FRANCO Méier
1 WISKAS FILHOTES 1 kG
2 WISKAS FRANGO LEITE 500G
1 FRISKIES 3 KG E 1 DE 500G
1 SABOR E VIDA CARNE FRANGO 1 kG

Márcia Regina Dias - Responsável pelo recolhimento/distribuição de ração e medicamentos. 
Transporte de gatinhos para lares e eventos.
Em 13/03/2011

RECEBA POR EMAIL