Pesquisar neste blog

23 de dez de 2012

Gatos e uma boa alimentação!

Gato Leo Bonnie,
o comilão!
Muitas pessoas ao adotarem um gatinho se deparam com uma infinidade de rações e, os menos atentos, acabam contribuindo para maus hábitos oferecendo "comida humana" aos seus bichanos.

Erro frequente nas adotantes de primeira viagem é a compra por imagem e marketing mas não buscam ler a composição e saber quais seriam as necessidades em cada idade e em cada situação.


Gatos se alimentavam quase exclusivamente de carne, não necessitando de grandes quantidades de carboidratos ou cereais. 
O sistema digestório curto, a conformação dos dentes e maxilar e a ausência de amilase salivar confirmam este ponto. 

Gatos filhotes: Posso dar leite? NÃO, somente o recomendado para felinos em substituição ao leite materno. Usado geralmente em ninhadas resgatadas de mãe falecida ou não encontrada. O ideal: ração para gatos filhotes, preferencialmente que tenham um componente L Lisina que ajuda na prevenção de doenças respiratórias muito comum em gatos filhotes, que ainda não foram vacinados.

Gata gestante: posso reforçar a alimentação com que tipo de alimento? 
RAÇÃO PARA  FILHOTES é o ideal durante a gestação e a amamentação. Portanto, a gatinha deverá se alimentar por uns 4 meses com uma boa ração filhotes. Quando os gatinhos nascerem ela mesma se encarrega de apresentar a ração por volta de 30 dias de vida.

Gatos adultos (7 anos): geralmente, nesta fase outras necessidades aparecem na vida de nossos gatinhos. O mais importante e fundamental para evitar outros problemas é oferecer uma ração compatível com a idade de seu gato e nas PROPORÇÕES & QUANTIDADES descritas na embalagem. NÃO ENCHAM PRATINHOS, dê a eles uma quantidade pela manhã e a noite, dentro do limite recomendado. ração em pratos o dia inteiro são JOGADAS NO LIXO, o felino perde o interesse e ela perde o sabor! Isto é uma forma de poupar dinheiro e dar a ele a quantidade e a ração mais adequada.

Gatos castrados: evite rações super calóricas, existe no mercado marcas de boa qualidade formuladas para os animais que foram castrados. Lançada recentemente uma ração para FILHOTES CASTRADOS, nossos gatinhos são castrados aos 5 meses (machos) e 6 meses fêmeas, portanto devemos evitar criar um animal OBESO! No mercado existem rações para 4 faixas etárias, filhotes, 1 a 6 anos, 7 anos ou mais e maiores de 12 anos.

Gatos idosos: Existem rações para gatinhos com mais de 11 anos. São feitas de maneira a atender as dificuldades que esta idade revela. Mordedura, falta de dentes, entre outros situações.

Gatos com alguma deficiência: renais, diabéticos, urinários, bucodentário entre outras, use ração específica para cada necessidade. É a maneira de dar a ele mais conforto e qualidade de vida.

Gatos com raça definida ex.: Manie Coon e Persas (ambos pelos longos); e Siameses (silhueta alongada e manutenção da musculatura): Existem rações elaboradas para algumas raças que necessitam de nutrientes diferentes. Fator determinante é a pelagem longa, estes animais necessitam expelir os pelos que ingerem nos seus famosos "banhos de gato".

Gatos com necessidades específicas ex.: bolas de pelo, sensibilidade digestiva, exigente, etc, estes animais becessitam de uma ração que os ajude a conviver com este inconveniente. Temos um gatinho siamês mestiço que é sensível intestinal, qualquer alteração na alimentação e no ambiente agrava seu caso. Neste caso usamos a ração sensibilidade associada a medicação e em 7 dias ele esta normal. Fique atenta as fezes e urina, elas revelam possíveis doenças no seu gatinho.

Cuidados específicos; COMEDOUROS APROPRIADOS, LIMPOS DIARIAMANTE EM CADA TROCA DE RAÇÃO!

ÁGUA: seu gatinho necessita de ingerir água, em potes plásticos a água perde a "graça"!

USE PREFERENCIALMENTE POTES EM INOX OU VIDRO, facilita a limpeza, desde que apropriados a altura do gato.  Use potes específicos para animais, nada de pegar um da casa e dar ao gato. Gatos persas tem exigência para comedouros mais largos (mandíbula braquicefálica), ele se alimenta prendendo o alimento na parte inferior da língua. Recipientes de alumínio podem liberar esse metal na comida ao longo do tempo, o que é prejudicial à saúde. Utensílios de plástico estão associados à acne na face (queixo) dos felinos.

FONTES DE ÁGUA: se possível adquira  um bebedouro fonte, com filtragem de água e movimento, eles adoram!

Ração seca:  prefira pacotes menores aos maiores, caso tenha apenas 1 gato ou dois.

Existe uma grande economia comprando sacos grandes, mas sem um recipiente apropriado para armazenar e com o abre-e-fecha constante a oxidação das gorduras que foram borrifadas nos grânulos, os expõe à luz  que deteriora substâncias e favorece a proliferação de bactérias e fungos. 
Não use recipientes transparentes, tendo em vista que a claridade e luminosidade deterioram a ração.
O melhor é manter a ração nas embalagens que foram preparadas para tal. Use lacres e não prendedores de roupa para fechar!
Lembre. nunca deixe a ração à vontade, conforme mencionado acima.
Dicas de ouro.
1. estabeleça horários - evite a obesidade; mantenha seu gatinho ativo com boa alimentação e brinquedos adequados, arranhadores, bolinhas etc.
2. saliva contamina a ração, sobrou jogue fora.
3. ração exposta atrai formigas.
4. não compre ração a granel, ficam expostas a todo o tipo de impurezas além da luz.
5. ração para cães são para cães jamais para gatos, geralmente não apresentam o elevado teor proteico que o organismo felino necessita nem contêm taurina em quantidade suficiente e podem ser pobres em arginina, niacina, vitamina A, ácido araquidônico e ômegas-3 de origem animal.
Petiscos: Evite produtos com corante e conservantes em excesso e analise o que vai dar ao seu bichano,  O ideal é NÃO  oferecer petiscos comerciais, pois  são dispensáveis  em em nada contribuem para o trato nutricional quando não geram problemas como a diarreia, por exemplo.
Este tema foi pesquisado em sites de produtores de ração aliado a nossa experiência com os resgatados. Na dúvida não compre qualquer ração. Esclareça com o veterinário de sua confiança a ração ideal para seu gatinho, ele é o profissional apto a dar total orientação.
Márcia Dias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECEBA POR EMAIL