Pesquisar neste blog

25 de out de 2015

Olívia, gestante FELV+

Olívia nossa mamãe aos 7 meses uma jovem gatinha vítima da FELV.

Esta é a Olívia, resgata em Duque de Caxias, ao ser trazida para testes foi diagnosticada FELV+.

Fizemos outros exames complementares devido a suposta  gestação. Esta isolada e sendo alimentada com ração super premiun, polivitamínicos e pastinhas especiais.

Seria a nossa primeira gestante FELV, para nós um desafio na forma de cuidar e nas decisões quanto aos bebes que nascerão com a incógnita  da doença. 

Após ler artigos científicos e ouvir médicos e pessoas que cuidam de casos como este tomamos a decisão de deixar os filhotes que nascerem vivos com ela até completarem 30 dias, após este prazo serão separados e alimentados com ração desmame. 

Olívia é uma gatinha super meiga e já tem um lar. Um gatinho tb Felv assintomático a espera.

Nossos planos eram:

Castrar e vacinar com V4 antes da adoção - mantido.

Quanto aos filhotes manteremos o seguinte protocolo: (Cancelado pois a gestação inexiste)

- Faremos o teste neles aos 3 meses, serão separados positivos de negativos, se for o caso.

Para os negativos -  devem ser retestados após  8 semanas;
Para os positivos são considerados infectados:
   -  Animais com mais de 12 semanas positivos e doentes são considerados infectados;
   - Saudáveis devem ser retestados após 8 semanas. 

Todos receberão as vacinas V4 nas datas corretas e a antirrábica para evitar outras viroses oportunistas, serão alimentados com ração adequada e mantidos em observação. Serão castrados aos 4 meses e retestados os negativos aos 6 meses.


Surpresas de Olívia. 

Após 3 semanas de isolamento

Em 11/11/15 vendo que a barriga não se alterava optamos por uma ultrassonografia e constatamos que Olívia não esta gestante. Ela tem um problema no intestino que será tratado, o que fez o abdômen dilatar e ela ganhar uma barrigona, diante deste novo fato agendamos a castração imediata e daremos o prosseguimento ao tratamento.


Ao adotar um novo amigo lembre-se de testar o animal ou verificar através de documentação se o mesmo foi testado e mantido apenas com gatos negativos até a adoção.


O seu gatinho também deve ser testado e mantido dentro de casa, não adianta exigir animais saudáveis numa nova adoção, se os que estão em casa não tem os testes em dia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECEBA POR EMAIL