Pesquisar neste blog

19 de set de 2011

Saiba como usar produtos de limpeza sem intoxicar cães e gatos.


PORTAS FECHADAS
Nas casas com crianças, os frascos de produtos já ficam protegidos em armários e prateleiras altas. O mesmo deve ser feito por quem tem bichos
AMBIENTE ISOLADO
Quando usar produtos como desinfetantes e água sanitária, isole os ambientes e prenda os animais em outros cômodos. Só libere a passagem quando não houver mais cheiro
ALERTA
Salivação excessiva e crises de vômito seguidas são sinais de intoxicação, assim como diarreia, pupilas dilatadas, pontos grudentos ou ásperos no pelo, dificuldade respiratória e machucados na língua
PROVIDÊNCIAS
Se houver alguma região do corpo do animal contaminada com produto de limpeza, lave-a com água corrente fria e sabão de coco ou neutro. Depois leve o bicho ao veterinário. Não dê nenhum alimento, bebida ou remédio por conta própria
PLANTAS TÓXICAS
A intoxicação também pode ser causada por plantas, como violetas, copos-de-leite, lírios, espadas-de-são-jorge, samambaias e azaleias
TAPETES
Para tirar mofo do tapete sem deixar os bichos 'grogues', use bicarbonato de sódio. Aplique de 20 ml a 45ml na área mofada. Deixe 15minutos e depois passe o aspirador de pó
BANHEIROS
Misture um litro de álcool 70º com folhas de eucalipto e deixe de molho por dois dias. Depois ferva um litro de água com uma barra de sabão neutro ralado até dissolver. Junte a água e a essência de eucalipto e engarrafe a mistura
ODORES
Alguns produtos usados na cozinha reduzem odores das áreas destinadas à sujeira dos bichos. É o caso do vinagre, que pode limpar as caixas de areia de gatos. Colocar um limão siciliano repartido ao meio no local também reduz os cheiros

 COLABORAÇÃO:      
Vanessa Covre 
Médica Veterinária
Pós-graduanda em Clínica Médica e Cirúrgica de Felinos
CRMV 11006 - RJ
(21) 9195.3912

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECEBA POR EMAIL